Encontro de Delegadas da 3a CONAES (3 – GT de Mulheres e CONAES)

No dia 27 pela manhã, último período do encontro das delegadas da 3a Conaes, o foco foi justamente o Plano Nacional de Economia Solidária, a criação do GT de Mulheres e a participação na 3a CONAES.

Foi dito que a construção do plano é nosso dever. É construir o que a gente quer e como a gente quer. É importante termos fundos públicos por exemplo. As mulheres não têm lojas grandes não é porque não querem, mas porque não têm condições.

E é também cuidar da reforma estrutural, rural… e urbana também. E são as mulheres que estão cuidando da terra, cuidando da vida. Isso é economia solidária.

Nós temos que reclamar, reinvindicar, mas nós temos que ter propostas completas. E isso tem que ficar claro.

Se a gente quer ter uma feira, por exemplo, a gente não vai parar quando conseguir a feira. A gente também quer uma feira com comércio justo e solidário. Queremos fornecedores sustentáveis, queremos creches para cuidar dos nossos filhos enquanto trabalhamos, queremos escolas…

 

 

Criação do GT de Mulheres do FBES

Outro ponto importante da manhã foi sobre a criação do GT de Mulheres do FBES. Ouça um trecho da fala deste momento, que também inclue o tema do Plano Nacional:

Em seguida, Neneide da Rede Xique-Xique, nos falou entre tantos temas, da importância da SENAES para dar visibilidade aos grupos de mulheres da ECOSOL, reforçou a importância da criação e fortalecimento dos GTs de gênero, pois a economia solidária sozinha não resolve os problemas das mulheres. E que nós, mulheres, temos poder de mobilização social. Nós é que estamos fazendo com que, em sua maioria, a ECOSOL aconteça.

Por isso é que temos que estar nos espaços das marchas, dos movimentos, dos coletivos de mulheres… porque nossa luta é grande; é contra os grandes produtores. Estamos mexendo em uma ferida que é grande! Antes por exemplo, eles tomavam conta da merenda escolar. Foi nossa luta que mudou isso!

 Ao final deste momento, a plenária cantou junta o “Pisa Ligeiro”, música indígena. Segue um trecho: http://youtu.be/dVUjDluOoyg?t=4m27s

mesa-2odia

Foto do 2o dia do Encontro de mulheres delegadas da 3a Conaes. Foto de: cristinabrites@gmail.com Licença Livre: CC BY-SA 4.0

Painel de Demandas dos Estados por Recorte de Gênero

Em seguida começou o momento de analisar as principais “idéias-força” que apareceram nas plenárias dos estados, nas conferências temáticas… que têm maior relação com os temas das mulheres. Este foi um dos momentos onde o foco estava na preparação das delegadas para os próximos dias, quando se iniciaria a 3a CONAES. Um momento de reflexaão, de fortalecimento, de articulação – isso é uma estratégia de empoderamento das mulheres.

A conferência aborda um conjunto grande de propostas, temos que começar a focar no que vamos centrar energia. Alguns dos temas discutidos neste momento foram: A necessidade de visibilidade e escoamento da produção; o olhar sobre a conjuntura da produção das mulheres indígenas; o acesso às compras públicas, a segurança alimentar e nutricional; crédito e finanças solidárias não restritos a caracterização como empreendimento rural ou urbano; que a questão de gênero e o feministo estejam sempre nas iniciativas de ECOSOL; que o PRONATEC também ofereça formação em economia solidária e feminista e na autogestão; assessoramento técnico, como agregar valor a produtos; garantia da seguridade social das trabalhadoras da ECOSOL; políticas públicas para criação e fomento de equipamentos e serviços sociais (como lavanderias coletivas, restaurantes comunitários…); o diálogo contínuo entre a ECOSOL e a educação popular  etc.

Ouça abaixo o trecho de uma das falas da plenária deste momento:

 

Anúncios